Avança a negociação entre governo e fiscais agropecuários

O governo e os fiscais agropecuários federais chegaram a um acordo para o reajuste salarial da categoria. O presidente da Comissão de Agricultura e Política Rural da Câmara dos Deputados, Leonardo Vilela (PP-GO), não citou o percentual de aumento, mas disse que o reajuste terá impacto de R$ 100 milhões no Orçamento da União. O impasse, relatou o deputado, está agora em relação ao parcelamento do reajuste. O Ministério do Planejamento mantém a proposta de liberar R$ 30 milhões neste ano e R$ 70 milhões em 2005, mas a categoria não aceita o parcelamento. Ainda hoje, representantes dos fiscais e o ministro do Planejamento, Guido Mantega, além do secretário-executivo do Ministério da Agricultura, José Amauri Dimarzio, voltarão a se reunir para discutir as propostas.

Agencia Estado,

24 Março 2004 | 17h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.