Fabio Motta / Estadão
Fabio Motta / Estadão

Azul faz financiamento de US$ 200 milhões para manutenção de motores de jatos Embraer

A linha, fechada com a Corporação de Investimento Privado no Exterior, ‘otimizará a dívida da companhia’, segundo comunicado da empresa aérea

Luana Pavani, O Estado de S.Paulo

03 de abril de 2019 | 09h59

SÃO PAULO - A Azul anunciou nesta quarta-feira, 3, financiamento de US$ 200 milhões para realizar manutenção de motores dos jatos da Embraer, modelo E-195. A linha, fechada com a OPIC, órgão do governo americano, "otimizará a dívida da companhia", segundo comunicado, que frisa ainda que a Azul é a primeira companhia aérea do mundo a fechar esse tipo de acordo.

A Corporação de Investimento Privado no Exterior (OPIC) é uma instituição de fomento do governo dos Estados Unidos a empresas americanas em mercados emergentes.

Em nota, o presidente e CEO em exercício da OPIC, David Bohigian, disse que a parceria visa apoiar o desenvolvimento em regiões remotas do Brasil. "Com o suporte da OPIC, a Azul poderá acessar um maior número de regiões brasileiras que não possuem serviço aéreo, ajudando a estimular o crescimento e desenvolvimento econômico."

Por sua vez, o vice-presidente financeiro da Azul, Alex Malfitani, destacou que essa fonte de financiamento ajudará a otimizar "nossa posição de liquidez e o processo de manutenção dos motores dos nossos jatos da Embraer, fortalecendo ainda mais o nosso acordo com a GE Celma".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.