Baixa renda tem dificuldade para alugar

As pessoas que ganham entre R$ 301 a R$ 600 têm maiores dificuldades para alugar imóveis em São Paulo, enfrentando problemas de comprovação de renda e restrições cadastrais no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) . A constatação é do Sindicato das Empresas de Compra e Venda e Locação de Imóveis (Secovi) de São Paulo que desenvolveu pesquisa a respeito. A apresentação de fiador também foi apontada como obstáculo por 70% das imobiliárias pesquisadas, para osaluguéis de valor até R$ 600. O valor alto dos aluguéis foi um dos motivos para a não realização de contratos de locação, na faixa entre os valores de R$ 600 a R$ 750. Já nos aluguéis superiores a R$ 1.500, onde a faixa de renda do inquilino é bem superior, não foram encontrados problemas dessa natureza. Falta de manutenção do imóvel dificulta ainda mais a locação Entre as causas da desaceleração dos negócios na área de locação, há relação direta com o estado em que se encontram os imóveis que estão sendo oferecidos no mercado. Cerca de 58% da imobiliárias que operam com aluguéis até R$ 300,00 apontam a má localização e a falta de manutenção de imóveis como fatores que dificultam o fechamento de contratos.Veja mais informações sobre os cuidados com a contratação de aluguel, conservação do imóvel e despesas do inquilino no link abaixo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.