Divulgação
Divulgação

Balança comercial tem maior superávit para outubro desde 2011

Saldo positivo foi de US$ 2,3 bi no mês passado; no ano, superávit acumulado é de US$ 38,5 bi, o melhor da 1989

Eduardo Rodrigues, O Estado de S.Paulo

01 Novembro 2016 | 15h54

A balança comercial registrou em outubro um superávit de US$ 2,346 bilhões, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira, 1º, pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). As exportações alcançaram US$ 13,721 bilhões e as importações, US$ 11,375 bilhões. 

O resultado ficou dentro das projeções do mercado, segundo pesquisa Projeções Broadcast com 24 instituições, mas abaixo da mediana. As previsões apontavam para um saldo positivo em outubro entre US$ 2,300 bilhões e US$ 3,000 bilhões, com mediana de US$ 2,700 bilhões.

O resultado mensal foi o melhor para meses de outubro desde 2011, quando a balança comercial brasileira registrou um resultado superavitário de US$ 2,362 bilhões.

Na quarta semana do mês (24 a 30), o saldo comercial ficou positivo em US$ 727 milhões, com vendas externas de US$ 3,313 bilhões e importações de US$ 2,586 bilhões. Na quinta semana (apenas dia 31), houve um déficit de US$ 251 milhões, com vendas de US$ 536 milhões e compras de US$ 787 milhões.

No acumulado de janeiro a outubro de 2016, o superávit comercial atingiu US$ 38,527 bilhões, o melhor resultado para o período da história. As exportações somaram US$ 153,088 bilhões no período e as importações totalizaram US$ 114,561 bilhões. A série histórica do MDIC tem início em 1989.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.