"be water"

Coluna Leandro Miranda: como se moldar à nova economia após a covid-19?

Balança comercial tem superávit em março

A forte retração do comércio mundial tem provocado uma recuperação do superávit da balança comercial brasileira. O saldo comercial este mês, acumulado em três semanas, soma US$ 1,04 bilhão, e já supera o de março de 2008, de US$ 988 milhões. Depois de começar o ano com um déficit de US$ 524 milhões em janeiro, o superávit acumulado em 2009 totaliza US$ 2,28 bilhões, 1,8% menor que no mesmo período do ano passado. Em 2008, a queda do saldo comercial foi vertiginosa por causa do aumento das importações, que cresciam mais que o dobro das exportações. Houve uma retração de 38,2% em relação ao superávit de 2007. Neste ano, importações e exportações estão em queda. Mas segundo dados divulgados ontem pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, as exportações caíram menos que as importações e este mês somam US$ 7,99 bilhões, queda de 15,5% em relação à média diária de março de 2008. As importações totalizam US$ 6,95 bilhões, retração de 20,3%. Na terceira semana, o Brasil exportou US$ 2,79 bilhões e importou US$ 2,17 bilhões - um superávit de US$ 619 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.