Balança de junho fecha com superávit de US$ 4,082 bilhões

A balança comercial de junho fechou com um superávit de US$ 4,082 bilhões, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. As exportações no mês totalizaram US$ 11,435 bilhões e as importações, US$ 7,353 bilhões. O saldo do mês superou as estimativas feitas por analistas, que indicavam um saldo comercial de US$ 3,1 bilhões a US$ 3,4 bilhões, com mediana de US$ 3,3 bilhões. Em junho, a média diária das exportações fechou em US$ 544,5 milhões. Já a média diária das importações ficou em junho em US$ 350,1 milhões.Na análise isolada da última semana, o superávit foi de US$ 1,602 bilhões, ante US$ 515 milhões na semana anterior. As vendas externas do período registraram uma das maiores médias diárias: de US$ 629,4 milhões, ante os US$ 499,6 milhões da semana anterior. As compras, por sua vez, tiveram uma queda na média diária, passando de US$ 396,6 milhões na quarta semana para US$ 309 milhões na quinta semana. De janeiro a junho, a balança acumula um superávit de US$ 19,541 bilhões, decorrente de exportações de US$ 60,901 bilhões e importações de US$ 41,360 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.