Balança fecha janeiro com superávit de US$ 2,493 bi

A balança comercial de janeiro fechou com um superávit de US$ 2,493 bilhões, 12,34% menor do que o resultado do mesmo mês de 2006, que foi de US$ 2,844 bilhões. O valor veio um pouco abaixo das expectativas de economistas consultados pela Agência Estado, que projetavam para o mês um saldo positivo de US$ 2,5 bi a US$ 3,5 bi.As exportações no período somaram US$ 10,963 bilhões, com média diária de US$ 498,3 milhões. Já as importações foram de US$ 8,470 bilhões, apresentando média de US$ 385 milhões por dia. A média das importações mantém a tendência de crescimento. Na comparação com janeiro de 2006 o valor cresceu 31,3%, enquanto que a média das exportações teve um crescimento de apenas 18,3%. No acumulado de 12 meses, as exportações cresceram 15,8%, enquanto que as importações aumentaram 24,9%.Os dados foram divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, que teve que corrigir os números, por um erro na primeira divulgação. De acordo com os dados corrigidos pelo ministério, a última semana de janeiro (três dias úteis) fechou com um superávit de US$ 166 milhões, com exportações de US$ 1,323 bilhão (média diária de US$ 441 milhões) e importações de US$ 1,157 bilhão (média diária de US$ 385,7 milhões). Matéria alterada às 15h03 para acréscimo de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.