Balança registra superávit de US$ 929 milhões

A balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 929 milhões, na terceira semana de setembro. De acordo com os dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, as exportações brasileiras somaram entre os dias 16 e 22 deste mês US$ 1,883 bilhão, com média diária de US$ 376,6 milhões. As importações, por sua vez, somaram US$ 954 milhões, com média diária de US$ 190,8 milhões. Com o resultado apurado na terceira semana, a balança acumula em setembro um saldo positivo de US$ 1,860 bilhão. No ano, o superávit acumulado é de US$ 7,241 bilhões. ExportaçõesA balança comercial apresentou crescimento das exportações até a terceira semana de setembro em relação ao mesmo mês de 2001. Segundo o boletim, a média diária das exportações acumulada até a terceira semana (US$ 314,5 milhões) cresceu 25,7% em relação à média de setembro de 2001 (US$ 250,3 milhões). O crescimento das exportações foi reflexo do aumento de 67,1% nas vendas de produtos básicos nas três primeiras semanas do mês em relação a setembro de 2001. Houve aumento principalmente nas vendas de petróleo em bruto, soja em grão, farelo de soja, carnes de frango e suína, minério de ferro e café em grão. As exportações de produtos semimanufaturados cresceram no mesmo período comparativo 44,1% e de manufaturados, 2,7%. ImportaçõesNas três primeiras semanas de setembro, as importações brasileiras registraram, pela média diária, queda de 13% em relação à media de setembro de 2001. Nesse período, caíram os gastos com automóveis e partes (42,4%) equipamentos eletroeletrônicos (31,1%), químicos orgânicos e inorgânicos (25,2%), cereais e produtos de moagem (22,8%), equipamentos mecânicos (18,2%), adubos e fertilizantes (12,7%), farmacêuticos (12,6%) e instrumentos de ótica e precisão (12,1%). Em relação à média diária das importações, foi registrado na terceira semana de setembro ( US$ 190,8 milhões) um aumento de 0,2% em relação à média acumulada até a segunda semana do mês em 2002 (US$ 190,4%). Em relação a agosto deste ano, as importações acumuladas até a terceira semana de setembro apresentaram, pela média diária, um aumento de 0,4%. SojaAs exportações brasileiras de soja deram um novo salto na terceira semana de setembro. Segundo o Ministério do Desenvolvimento, a média diária das vendas externas de soja subiu de US$ 74,310 milhões na segunda semana de setembro para US$ 110,380 milhões na terceira semana. Na primeira semana de setembro, as exportações de soja foram de US$ 37,765 milhões.O aumento reflete o registro das guias de exportações que não foram registradas pela Receita Federal na ocasião do embarque. O governo encontrou uma diferença de US$ 600 milhões entre o que foi declarado pelo setor e as exportações registradas efetivamente no Siscomex. Agora, as guias estão sendo regularizadas. No acumulado das três semanas do mês, a média diária das exportações de soja foi de US$ 74,152 milhões, registrando crescimento de 170,2% em relação à média de setembro do ano passado e de 173,2% sobre a média de agosto deste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.