Balança tem menor superávit do mês e saldo cai 46,5% no ano

Crescimento desproporcional das importações ante importações explica redução do saldo comercial do País

Reuters,

23 de junho de 2008 | 11h24

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 346 milhões na terceira semana de junho, o menor resultado semanal do mês, informou o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior nesta segunda-feira, 23.  Com o resultado, o saldo comercial acumulado no ano vai a US$ 10,156 bilhões, queda de 46,5% na comparação com o mesmo período de 2007. A redução no superávit da balança neste ano se deve ao crescimento desproporcional das importações ante as exportações.  Entre os dias 16 e 22 de junho, as exportações somaram US$ 4,097 bilhões, com média por dia útil de US$ 819,4 milhões. As importações totalizaram US$ 3,751 bilhões, com média diária de US$ 750,2 milhões. No mês, o saldo da balança está positivo em US$ 1,501 bilhão.  De janeiro até a terceira semana deste mês, as vendas externas somam US$ 84,838 bilhões, alta de 24,2% sobre 2007, também de acordo com a média diária. As importações estão acumuladas em US$ 74,682 bilhões, aumento de 51,4% frente ao mesmo período do ano passado.  A corrente de comércio totalizou US$ 7,8 bilhões na terceira semana de junho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.