Balança tem segundo melhor resultado, aos US$3,097 bilhões

O saldo da balança comercial (exportações menos importações) em abril teve o segundo melhor superávit do ano, atingindo US$3,097 bilhões. O dado, divulgado nesta terça-feira pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, detalhou que o saldo só perdeu para os U$ 3,680 bilhões atingidos em março. Apesar da comparação positiva, tomando como base os US$ 3,870 bilhões acumulados no mesmo período do ano passado, houve retração de 19,97% nos ganhos. O montante foi resultado de US$ 9,804 bilhões em exportações, com uma média diária de US$ 544,7 milhões; e de US$6,707 bilhões em importações, com cerca de US$372,6 milhões ao dia. Com este resultado, o saldo da balança acumulado no ano passa para US$12,438 bilhões. DESEMPENHO DA BALANÇA COMERCIALPeríodoExportações (US$ milhões)Importações (US$ milhões)Saldo (US$ milhões)Maio9.8186.3683.450Junho10.2066.1814.025Julho11.0626.0575.005Agosto11.3467.6783.668Setembro10.6346.3074.327Outubro9.9046.2183.685Novembro10.7906.7004.090Dezembro10.8966.5514.345Janeiro/20069.2716.4272.844Fevereiro8.7505.9282.822Março 11.3677.6863.681Abril9.8046.7073.097Ainda na comparação com abril de 2005, houve um crescimento de 18,4% nas vendas externas. As compras, por usa vez, cresceram 39,8%. Essa tendência também é identificada no acumulado do ano. De janeiro a abril, a média das exportações cresceu 16,5%, enquanto que a média das importações foi maior: 24,6%. No acumulado de 12 meses, as exportações tiveram um crescimento de 19% e as importações de 18,8%.Este texto foi atualizado às 17h26.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.