finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Balanço de 2000 para a Bovespa

O balanço dos investimentos estrangeiros na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) mostra saída de R$ 2,224 bilhões no ano passado, revertendo o saldo positivo de R$ 2,231 bilhões registrado em 1999. Somente em dezembro de 2000, o déficit foi de R$ 416,3 milhões, decorrente de compras de ações no valor de R$ 2,611 bilhões e vendas que somaram R$ 3,028 bilhões. O volume financeiro negociado em 2000 somou US$ 101,729 bilhões, ante US$ 85,499 bilhões de 1999. A média diária de negócios no ano passado atingiu 22.432, com crescimento de 41,1% sobre o ano anterior. E o valor de mercado das 459 companhias abertas listadas na bolsa somava US$ 225,5 bilhões no último dia de 2000. No final de 1999, o valor das 478 companhias listadas então na Bolsa estava em US$ 228,5 bilhões.A valorização nominal do Índice Bovespa em dezembro foi de 14,8%, enquanto o acumulado do ano mostra desvalorização de 10,72%. Os investimentos realizados durante o ano 2000 foram 36,7% de responsabilidade das instituições financeiras, 22%% de estrangeiros, 19,2% de pessoas físicas, 16,8% institucionais, 4,2% de empresas e outros, com 1,1%. Pessoa física movimentou 19,2% dos negócios Segundo levantamento realizado pela Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), os investimentos realizados durante o ano 2000 foram 36,7% de responsabilidade das instituições financeiras, 22%% de estrangeiros, 19,2% de pessoas físicas, 16,8% institucionais, 4,2% de empresas e outros, com 1,1%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.