coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Bancários argentinos entrarão em greve na quinta-feira

A Associação dos Bancários da Argentina decidiu fazer uma greve contra a decisão dos bancos estrangeiros de abandonar o país e fechar suas portas e, principalmente, de não devolver os depósitos que "os argentinos lhes confiaram". A greve será na próxima quinta-feira e não deverá afetar as operações e o atendimento ao público, já que o moivmento terá início às 15h30, apenas meia hora antes do fim do expediente. Os bancários criticam a "atitude passiva" do presidente do Banco Central, Mario Blejer, que "o converte num participante ativo e necessário das manobras dos bancos estrangeiros". Assim como os poupadores, aplicadores e correntistas, que saem todos os dias protestando pelas pequenas ruas do centro portenho, região onde estão localizados os principais bancos, agora os funcionários também sairão. E prometem fazer muito barulho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.