Bancários atrasam abertura de agências em São Paulo

As agências bancárias do de São Paulo abriram uma hora mais tarde hoje. De acordo com o Sindicato dos Bancários, a atitude foi para protestar contra a não apresentação da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de uma proposta de reajuste salarial para a categoria. Entre outras reivindicações, os bancários querem aumento salarial de 10,3%, participação nos lucros e resultados, piso salarial de R$ 1.628,24, plano de carreira e 14º salário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.