finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bancários e banqueiros têm nova reunião hoje

Os representantes dos bancários e a Fenaban fazem hoje, às 15h, no Hotel Crowne Plaza, a sétima rodada de negociações da campanha salarial. A expectativa dos bancários é de que os patrões apresentem uma nova proposta. A última negociação terminou em impasse e os banqueiros mantiveram os 10% de reajuste mais um abono de R$ 1.320,00. Os bancários deverão manter o calendário de mobilização com paralisações, hoje em todo o País. Este dia 25, segundo a Confederação dos Bancários, será um dia especial, pois as manifestações também ocorrerão no Banco Santander em diversos países da América Latina. "É uma ação globalizada e entidades sindicais de sete países farão leitura simultânea e entrega de documento com plataforma mínima de reivindicações às direções locais do banco", afirma o secretário de Relações Internacionais da Confederação Nacional dos Bancários/CUT, Ricardo Jacques. Em São Paulo, as atividades começam às 10h, com leitura de manifesto nas maiores agências do Santander Banespa e distribuição de carta aberta aos clientes e à população. Às 14h, enquanto um grupo de dirigentes sindicais entrega o documento à direção do banco, os trabalhadores fazem a leitura do manifesto na Agência Central.

Agencia Estado,

25 de setembro de 2003 | 09h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.