Bancários em greve se reúnem para discutir proposta

Os bancários farão uma assembléia hoje à noite para discutir a proposta feita ontem pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e discutir o fim da greve no setor. Entre as propostas apresentadas estão reajuste salarial de 10% para quem ganha até R$ 2.500, o que engloba cerca de 50% da categoria em todo o Brasil, e de 8,15% para os que ganham acima desse valor.A proposta prevê aumento também para a participação nos lucros e resultados (PLR): a regra básica (80% do salário mais R$ 878) seria alterada para 90% do salário mais R$ 966 - valor da parte fixa reajustado também em 10%. Para os bancos que distribuírem menos de 5% do lucro, o teto do pagamento subiria de dois salários para 2,2 salários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.