Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Bancários fazem assembleia nesta quarta para decidir greve

Categoria reivindica 10% de reajuste salarial, sendo 5% de aumento real, e participação nos lucros e resultados

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

07 de outubro de 2009 | 08h35

Os bancários realizam na tarde desta quarta-feira, 7, mais uma assembleia para decidir os rumos da paralisação, iniciada há 14 dias. Nesta última terça-feira, cerca de 1.500 bancários fizeram uma passeata pelo centro da capital paulista cobrando a retomada de negociações e uma nova proposta por parte Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), segundo o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.

 

Veja também:

linkProtesto dos bancários atinge sala de presidentes de bancos

De acordo com balanço do sindicato, mais de 32 mil bancários aderiram à paralisação em 700 locais de trabalho. Além das agências bancárias, ficaram fechados os prédios administrativos dos bancos, segundo o sindicato. A categoria reivindica, entre outros pontos, 10% de reajuste salarial (sendo 5% de aumento real) e Participação nos Lucros e Resultados (PLR) composta pelo pagamento de três salários, acrescidos de valor fixo de R$ 3.850.

Tudo o que sabemos sobre:
grevebancosassembleia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.