Bancários negociam amanhã e protestam na quarta-feira

A quarta rodada de negociações entre o Comando Nacional dos Bancários (CNB) e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) será realizada amanhã, às 15 horas, na capital paulista. Segundo o CNB, os banqueiros ainda não apresentaram propostas para nenhuma das reivindicações dos trabalhadores. Na quarta-feira, os bancários farão uma passeata no centro de São Paulo, a partir das 18h30, como forma de protesto contra a posição dos banqueiros nas mesas de negociação. "Na quarta, vamos levar essa indignação para as ruas", disse, em nota, presidente do sindicato, Luiz Cláudio Marcolino.ReivindicaçõesEntre as principais reivindicações dos bancários, que incluem mais de 100 cláusulas econômicas e sociais, estão reajuste salarial de 11,77%, PLR maior (um salário mais valor fixo de R$ 788 acrescidos de 5% do lucro líquido distribuídos de forma linear entre os funcionários), valorização dos pisos e garantia de emprego, além de pontos como a promoção da igualdade de oportunidades e o controle de tempo de espera nas filas. A data-base da categoria, que representa mais de 400 mil bancários no País, é no dia 1º de setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.