Bancários pedem reajuste salarial de 11,93% e PLR de três salários

Reajuste representa uma reposiçao da inflação mais aumento real de 5%

Agência Estado,

22 de julho de 2013 | 12h19

SÃO PAULO - A categoria dos bancários vai entregar, no próximo dia 30, a pauta de reivindicações deste ano à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Entre os principais itens estão reajuste salarial de 11,93%, o que significa a reposição da inflação mais aumento real de 5%, piso salarial de R$ 2.860,21 e Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de três salários-base mais parcela adicional fixa de R$ 5.553,15, de acordo com informações do Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região.

Além disso, os bancários também querem a valorização dos vales-refeição e alimentação no valor de um salário mínimo (R$ 678). Eles reivindicam ainda "melhores condições de trabalho, com o fim de metas individuais e abusivas", segundo o sindicato.

Os itens da Campanha Nacional Unificada 2013 foram definidos no domingo (21) durante a 15ª Conferência Nacional, em São Paulo, onde estiveram presentes 600 delegados representando trabalhadores de bancos públicos e privados de todo o País.

Tudo o que sabemos sobre:
bancos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.