Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Bancários se reúnem nesta segunda-feira com Itaú e Unibanco

Serão discutidos os empregos e os direitos dos mais de 100 mil bancários das duas instituições financeiras

10 de novembro de 2008 | 14h47

As direções dos bancos Itaú e Unibanco e do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região se reúnem nesta segunda-feira, 10, para tratar da preservação dos empregos e dos direitos dos mais de 100 mil bancários das duas instituições financeiras, que anunciaram na semana passada início de processo de fusão.   Veja Também:   Itaú e Unibanco se unem e criam maior grupo do Hemisfério Sul Fusão aumenta confiança nas instituições financeiras brasileiras, diz Ming Professor de Finanças da FGV-SP comenta os efeitos da fusão  Crise afetará produção da indústria em 2009, diz economista Lições de 29 Como o mundo reage à crise  Entenda a disparada do dólar e seus efeitos Dicionário da crise    A negociação, marcada para as 15h, tentará "buscar um compromisso formal pela manutenção do número de agências, preservação de empregos e direitos. Queremos estabelecer um canal de diálogo permanente com as direções dos bancos de forma a reduzir o clima de insegurança entre os trabalhadores", disse Luiz Cláudio Marcolino, presidente do Sindicato.   A fusão entre o Itaú e Unibanco criou o maior banco do Hemisfério Sul e um dos vinte maiores do mundo, com 4.800 agências e PABs em todo o país, representando 18% da rede bancária nacional.

Tudo o que sabemos sobre:
UnibancoItaúfusãobancários

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.