Banco argentino não pagará títulos em fevereiro

O banco de Galicia y Buenos Aires, principal divisão do Grupo Financiero Galicia, disse que não pagará os juros ou o principal dos títulos de curto prazo de US$ 250 milhões vencendo no dias 21 e 22 de fevereiro. Em documento enviado na noite de quarta-feira à bolsa argentina, o banco disse que está negociando com o J.P. Morgan Chase uma extensão de 30 a 90 dias para pagar a dívida, que é garantida por uma carta de crédito do Bayerische Hypo-und Vereinsbank.em Nova York. O Galicia informou que o banco central argentino proibiu, por hora, o pagamento de dividendos, de bônus aos executivos e a extensão de assistência financeira para qualquer um dos afiliados. O banco central, citando um valor não divulgado de "assistência financeira" dada ao Galicia nos últimos meses, disse que a proibição continuaria até que o banco pagasse suas dívidas.Na quarta-feira, o Galicia recebeu permissão para fechar as filiais no Uruguai por 90 dias para refazer as reservas de caixa. Nos últimos dois meses, a subsidiária uruguaia perdeu cerca de US$ 500 milhões em depósitos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.