Banco argentino pára de vender dólar e gera protesto

Cerca de 200 pessoas realizam um protesto em frente ao Banco Nación, porque a instituição financeira interrompeu a venda de dólares. O banco interrompeu a venda por volta das 15 horas e gerou um panelaço improvisado dos clientes que esperavam em longas filas para comprar dólares. Os clientes golpearam fortemente as portas do banco, que foi obrigado a reforçar a segurança.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.