Banco Central anuncia mudanças na diretoria

Os novos nomes serão encaminhados por Henrique Meirelles ao presidente Lula na semana que vem

Adriana Fernandes, da AE

26 de outubro de 2007 | 18h35

O Banco Central acaba de anunciar mudanças na diretoria da instituição. O presidente do BC, Henrique Meirelles, encaminhará na próxima semana ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva as  indicações dos nomes Maria Celina Berardinelli Arraes para a diretoria de Assuntos Internacionais, que substituirá Paulo Vieira da Cunha e Alvir Alberto Hoffmann, para a diretoria de Fiscalização, no lugar de Paulo Sérgio Cavalheiro.   Segundo a autoridade monetária, Vieira da Cunha e Cavalheiro deixam o BC por motivos pessoais.   O presidente do BC também indicou Anthero de Moraes Meirelles para o cargo de diretor de Administração. Essa diretoria estava sendo ocupada pelo diretor de Liquidações e Desestatização, Antonio Gustavo Matos do Vale.   Perfis   Anthero de Moraes Meirelles é funcionário do BC desde 1994, onde já ocupou, entre outros, o cargo de consultor da diretoria de administração. Além de professor, ele tem doutorado e mestrado em administração pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e é graduado em jornalismo e matemática.   Indicado para a diretoria de fiscalização, Alvir Alberto Hoffmann,  trabalha no Fundo Monetário Internacional (FMI), em Washington, desde 2005 como especialista no setor financeiro e supervisão bancária da divisão de Assuntos Sistêmicos e de Resolução de Crises bancárias, no Departamento de Assuntos Monetários e de Mercado de Capitais.   Maria Celina Berardinelli Arraes é mestre em Economia pela Universidade de Brasília e graduada em economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Ele também é graduada em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas.   De acordo com o BC, ela trabalhou durante 25 anos no Banco Central, onde ocupou, entre outros, o cargo de secretária-executiva. Ela também foi assessora do diretor-executivo pelo Brasil no Fundo Monetário Internacional, em Washington, e trabalhou pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).       Texto atualizado às 18h40

Tudo o que sabemos sobre:
BCmudanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.