Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Banco Central chinês recomenda 'preparar-se para o pior'

Segundo presidente da instituição, China vai contribuir contra a crise mantendo crescimento rápido

da Redação com Efe,

05 de dezembro de 2008 | 02h08

O presidente do Banco Popular da China (o banco central do país), Zhou Xiaochuan, alertou que os governos do mundo "devem se preparar para o pior e tomar precauções para prevenir a piora da crise financeira mundial", segundo a agência oficial Xinhua. A advertência foi dada durante o Diálogo Econômico Estratégico China-EUA, em Pequim. Após corte de juros na Europa, Ásia opera em altaLições de 29Como o mundo reage à crise  Entenda a disparada do dólar e seus efeitosDicionário da crise  Zhou disse que a maior contribuição da China contra a crise global será manter um crescimento rápido e firme, apesar de analistas preverem um avanço de 7,5% para 2009, contra os 9,5% imaginados há alguns meses. O presidente do PBOC assinalou que as instituições macroeconômicas devem assumir um papel ativo na análise do processo, da influência e da previsão da recessão. Destacou ainda que a China já iniciou seus movimentos, remodelando sua política fiscal e sua política monetária.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.