Banco central da Rússia corta taxa de juros novamente

O Banco central da Rússia cortou hoje sua taxa de juros pela décima vez neste ano. A instituição busca estimular os empréstimos e reverter o fluxo de capital especulativo no país, que tem desvalorizado o rublo nos últimos meses. A taxa de juros caiu de 9% para 8,75%, um recorde de baixa. A taxa é um padrão, segundo o qual os bancos comerciais vinculam suas taxas de depósito, e passa a valer a partir desta segunda-feira. "Os cortes na taxa devem aliviar os fatores que atrapalham a retomada econômica e reafirmar o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto)", afirmou o banco central em comunicado.

AE, Agencia Estado

25 de dezembro de 2009 | 17h04

A Rússia tecnicamente superou a recessão ao crescer por dois trimestres seguidos, mas importantes setores, como manufaturas, têm dificuldade para sua retomada. No entanto, uma redução nas taxas de juros de 4,25% desde abril não tem conseguido estimular os empréstimos bancários. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Rússiajurosbanco centralcorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.