André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Banco Central diz que 'não existe possibilidade de antecipação da decisão do Copom'

Afirmação vem após a divulgação de notícias de que o presidente Michel Temer teria adiantado ao empresário Joesley Batista, da JBS, o corte da Selic

Fabrício de Castro, O Estado de S.Paulo

18 de maio de 2017 | 13h08

BRASÍLIA - O Banco Central afirmou nesta quinta-feira, 18, que "as decisões do Copom são tomadas apenas durante as suas reuniões e são divulgadas imediatamente após seu término por meio de Comunicado no sítio do Banco Central da internet". 

O comentário do BC, enviado a jornalistas, surge após notícias na imprensa de que o presidente Michel Temer teria adiantado, ao empresário Joesley Batista, da JBS, o resultado de encontro do BC, no qual a instituição cortou a Selic em 1 ponto porcentual. 

VEJA TAMBÉM: Joesley e Wesley terão imunidade completa

O BC afirmou ainda que "não existe a possibilidade de antecipação da decisão a qualquer agente, público ou privado". "Sinalizações sobre possíveis futuras decisões são emitidas nos documentos oficiais do Banco Central".

AO VIVO: Acompanhe a crise em Brasília

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.