Banco central do Japão mantém juros em 0,1%

Apesar das turbulências dos mercados, BOJ diz que economia doméstica começa a se recuperar graças às condições externas

Agência Estado,

21 de maio de 2010 | 06h15

O comitê de política monetária do Banco do Japão (BOJ, na sigla em inglês, banco central do país) deixou inalterada a taxa básica de juros ("overnight call loan rate") em 0,1%, nível em que ela está desde dezembro de 2008.

No entanto, o BOJ elevou sua avaliação da economia em geral pela primeira vez desde novembro. O banco disse que a economia doméstica está "começando a se recuperar moderadamente", graças às melhoras nas condições econômicas do exterior. Em abril, o BOJ havia declarado que a economia "vinha melhorando".

A elevação veio depois que dados divulgados ontem pelo governo mostraram um crescimento anualizado de 4,9% no PIB do Japão durante o trimestre janeiro-março. A expansão marcou o quarto trimestre consecutivo de ganhos e o ritmo mais acelerado de crescimento econômico desde o trimestre abril-junho de 2009. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoBCeconomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.