Banco Central do México mantém taxa de juros em 3%, como esperado

O Banco Central do México manteve inalteradas as taxas de juros do país nesta sexta-feira, apontando para pressões sobre os preços domésticos e atividade econômica abaixo do potencial, o que sugere que os custos de empréstimos permanecerão estáveis.

REUTERS

11 de julho de 2014 | 11h21

O Banco do México manteve sua taxa básica de juros na mínima histórica de 3 por cento, como esperado por analistas consultados pela Reuters, depois de surpreender os mercados ao reduzir a taxa em 0,5 ponto percentual no mês passado.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROMEXICOBC*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.