Banco central inglês socorre Northern Rock

Quinta maior cedente de empréstimos do país quer levantar recursos para melhorar sua liquidez

Agência Estado e Dow Jones,

14 de setembro de 2007 | 08h47

A Northern Rock PLC, quinta maior cedente de empréstimos do Reino Unido, confirmou que acertou com o Banco da Inglaterra (BoE), o Banco Central do país, levantar recursos para melhorar sua liquidez por meio de empréstimo securitizado e pela linha de redesconto do banco central britânico. As ações da Northern Rock chegaram a perder 24% nesta sexta-feira, 14, após queda de 5% na quinta com rumores de que estava em dificuldades. Nesta sexta, a companhia disse também que seu lucro será afetado este ano e em 2008, assumindo que as atuais condições serão mantidas. A informação pressionou as ações do segmento financeiro no Reino Unido e de outros mercados, com os investidores particularmente sensíveis para qualquer notícia relacionada às questões do crédito - embora alguns analistas tenham dito que os problemas da Northern Rock sejam específicos. O mercado de moedas também foi atingido pelas informações e a libra esterlina caiu ante o dólar no começo do dia. Às 8h05 (de Brasília), o índice FT-100 de Londres despencava 2,25% e as ações da Northern Rock cediam 22,38%. A libra esterlina operava em baixa de 0,81% a US$ 2,01370. Para os analistas do BNP Paribas, o episódio deve causar pressão maior sobre os custos de financiamento para um número de cedentes de crédito imobiliário e pela primeira vez prejudicar a atividade no setor de imóveis britânico. O Tesouro britânico moveu-se rapidamente para evitar pânico no mercado, divulgando uma nota, dizendo que a Northern Rock permanecia solvente. O ministro das Finanças, Alistair Darling, disse que a "Northern Rock poderá acessar (a linha de redesconto do banco central inglês) quando precisar, mas que isto significa que poderá continuar operando, as pessoas poderão utilizar suas contas normalmente e poderá fazer pagamentos hipotecários; Northern Rock estará hábil a prosseguir com seus negócios".

Tudo o que sabemos sobre:
Northern RockBanco da Inglaterra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.