Banco Central mantém juros em 16% pelo segundo mês

Pelo segundo mês seguido, o Comitê de Política Monetária do Banco Central decidiu não mexer na taxa de juros básica da economia. Por unanimidade, o Copom manteve a Selic em 16% ao ano, sem tendência de alta ou de baixa. A decisão já era esperada pelo mercado financeiro e pelo setor produtivo, principalmente após a alta dos combustíveis na terça-feira.Na reunião do mês passado, não houve unanimidade, já que três votaram favoráveis à queda de 0,25 ponto e seis votaram pela manutenção. A Selic foi reduzida de 16,25% para 16% em abril e é a taxa mais baixa desde março de 2001, quando houve aumento do juro básico de 15,25% para 15,75% ao ano.A ata da reunião deste mês será divulgada na quinta-feira da próxima semana. A próxima reunião do Copom será nos dias 20 e 21 de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.