Banco do Brasil adere a acordo de credores da Varig

O Banco do Brasil aderiu ao acordo dos principais credores da Varig, que prevê a postergação de pagamentos relativos a empréstimos contraídos pela empresa aérea. A confirmação foi dada hoje pelo presidente do Banco do Brasil, Eduardo Guimarães, ao Estado. Segundo fontes que acompanham a reestruturação da Varig, o acordo prevê a suspensão de despesas financeiras de julho a novembro, ficando a empresa comprometida com o pagamento das despesas correntes. Os demais principais credores da Varig são o Unibanco, Boeing, GE Capital, BR Distribuidora, entre outros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.