Banco do Brasil demite vice-presidente de Atacado e Área Externa

Instituição não informou o motivo da saída de Allan Simões Toledo, que será substituído, por enquanto, pelo vice-presidente de negócios de varejo, Paulo Rogério Caffarelli

Adriana Fernandes e Fernando Nakagawa, da Agência Estado,

28 de dezembro de 2011 | 11h46

BRASÍLIA - O Conselho de Administração do Banco do Brasil decidiu em reunião na terça-feira, 27, demitir o vice-presidente de atacado, negócios internacionais e de private bank da casa, Allan Simões Toledo. A informação foi confirmada pelo banco, que não informou os motivos da saída do executivo. Nos últimos anos, Toledo ficou conhecido como responsável pelo processo de internacionalização do banco estatal. Sem dar outros detalhes, o BB informa que a saída de Toledo foi decidida em um "ato de gestão" do Conselho de Administração do banco.

Nos últimos anos, o BB realizou na área de Toledo duas grandes investidas no exterior, com a compra do Banco Patagônia na Argentina e mais recentemente com a aquisição do Eurobank nos Estados Unidos. Além disso, o banco analisa outros mercados na América Latina para ampliar sua presença.

Por enquanto, o vice-presidente de negócios de varejo, Paulo Rogério Caffarelli, vai acumular as duas funções e passará a responder também pela cadeira que era ocupada por Toledo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.