Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Banco do Brasil diz que é grande a procura por ações

O presidente do Banco do Brasil, Eduardo Guimarães, disse nesta quinta-feira à Agência Estado que é grande a procura de ações da instituição, principalmente para pagamento com recursos do FGTS. A venda ficou interrompida durante seis dias, por causa de liminar.Segundo ele, no próximo dia 10 o Tesouro Nacional vai avaliar se o preço alcançado pelas ações colocadas à venda é adequado. "O Tesouro se reserva o direito de vender ou não, ou seja, se o preço não for considerado adequado, simplesmente vai recusar a oferta e morre o assunto", afirmou. Guimarães acha que a União não terá prejuízo.Integrantes do PT consideraram o momento da venda inoportuno, pois a cotação dos papéis sofreu o impacto dos efeitos da crise financeira dos últimos meses. O presidente do BB acha essa preocupação "procedente", e insiste que o Tesouro se reservará o direito de, ao analisar o preço alcançado pelos papéis, colocá-los ou não à venda. A venda das ações do banco é o último passo para a instituição ingressar no novo mercado. Segundo o presidente do BB, esse é um projeto no qual o banco vem trabalhando há dois anos. Todos os ajustes referentes à contabilidade e às regras de governança corporativa já foram adotadas.Falta apenas o BB possuir 25% das ações no mercado. Hoje, estão em circulação 8% das ações do BB. Concluída a venda das ações (que são, em sua maior parte, de propriedade do Tesouro Nacional), esse último critério estará cumprido e, "no dia seguinte", o BB solicitará ingresso no novo mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.