Banco do Brasil pode ter representação em Xangai

Brasília, 25 - O Banco do Brasil foi autorizado pelo Banco Central a abrir um escritório de representação na cidade de Xangai, na República Popular da China. O aviso de aprovação do processo, pelo diretor de Normas e Organização do Sistema Financeiro do BC, Sérgio Darcy, foi publicado nesta sexta-feira no Diário Oficial. O Departamento de Organização do Sistema Financeiro (DEORF) do BC autorizou o funcionamento da Crédh Viwa - Sociedade de Crédito ao Microempresário Ltda, com sede em São João Batista, Santa Catarina, e homologou aumento do capital da Cetelem Brasil S.A. - Crédito, Financiamento e Investimento, de R$ 16,113 milhões para R$ 23,513 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.