Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Banco do Japão alerta para impacto do juro baixo

O presidente do Banco do Japão (BoJ) Masaaki Shirakawa afirmou neste sábado que os BC dos países precisam tomar cuidado para evitar os impactos negativos dos juros baixos no momento em que se tenta conter as crises financeira e econômica com a flexibilização monetária. "Embora a flexibilização monetária agressiva seja necessária após o estouro das bolhas, seus efeitos e limites precisam ser levados em consideração", afirmou Shirakawa.

PATRÍCIA BRAGA, Agencia Estado

24 de março de 2012 | 19h28

Os comentários do presidente do BoJ ocorrem após o BC do Japão ter elevado dramaticamente seu programa de compras de bônus no começo deste ano para flexibilizar as condições financeiras. Shirakawa também fez um paralelo entre como o Japão e os EUA estão respondendo às turbulências econômicas em seus países, particularmente no uso da flexibilização monetária.

Shirakawa apontou quatro possibilidade de impactos negativos: dinâmica da dívida, alocação de recursos em toda a economia, no sistema financeiro e no crescimento. "Embora seja compreensível que os BC tenham de perseguir a estabilidade de suas próprias economias na condução da política monetária, é cada vez mais importante levar em conta os contágios internacionais e os efeitos de retorno em suas próprias economias", completou Shirakawa. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
BCJapãojuros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.