Banco do Japão mantém taxa de juros em 0,50%

Os membros do Comitê de Política Monetária do Banco do Japão (BoJ, o banco central do país) decidiram de forma unânime nesta quarta-feira deixar a taxa de juros inalterada em 0,50%, pela sexta reunião consecutiva, em meio à continuidade da incerteza em relação às previsões para a economia global e os mercados financeiros. A taxa de juros japonesa é a mais baixa entre o Grupo das Sete Nações.A decisão ficou em linha com as estimativas dos analistas. A atenção do mercado está focada agora no relatório de previsões atualizadas da diretoria do BoJ, que inclui estimativas do PIB e do índice de preços ao consumidor para 2008 e 2009.O comitê reduzirá, provavelmente, suas previsões para a economia japonesa, com alguns analistas especulando se o BoJ pode indicar um ajuste gradual das taxas no relatório. As informações são da Dow Jones

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.