Banco dos EUA recomenda investir na bolsa brasileira

O banco norte-americano de investimentos Merrill Lynch elevou a exposição do Brasil de "marketweight" (peso na média) para "overweight" (peso acima da média) na carteira de investimento para a América Latina, explicando que o momento é favorável para investir e que o País deve ser beneficiado por um período prolongado de reduções das taxas de juros. O banco prevê que a Selic cairá 10 pontos percentuais no próximos 18 meses. Segundo o banco, a posição em dinheiro à vista na carteira passou de "overweight" para "underweight" (peso abaixo da média) e esse dinheiro deve ser usado para a compra de ações brasileiras. "Com a melhora do sentimento no mercado global e do apetite, nós acreditamos que o é o momento de colocar o dinheiro para trabalhar e o Brasil é o melhor País na América Latina para se fazer isso", disseram os analistas do banco. O banco informa que segue confiante sobre a habilidade do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de realizar as reformas econômicas.

Agencia Estado,

21 Julho 2003 | 15h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.