Banco francês vende ativos na Argentina

O banco francês Société Generale acertou a venda de seus ativos na Argentina para o Banco Banex SA, informou a subsidiária do banco francês à Bolsa de Buenos Aires. Não foi informado o valor da transação. A declaração diz que os ativos incluem participações diretas e indiretas nos fundos de investimentos SGAM Argentina SA e Sociedad Gerente de Fondos Comunes de Inversion, assim como a unidade bancária banco Société Generale SA. A venda ainda necessita ser aprovada pelo Banco Central e pela comissão antitruste do país. Funcionários do Société Generale em Buenos Aires confirmaram os planos de saída da instituição da Argentina no final de setembro, como parte da estratégia global para concentrar operações na Ásia e na Europa. O Banco Banex estava disputando os ativos argentinos do Société Generale com outras instituições: Banco Patagônia Sudameris, Banco Comafi, Banco de Servicios y Transaccionese e a companhia de saúde Swiss Medical. De acordo com dados do BC de junho de 2004, o Société Generale possui 72 agências no país, ativos de 1,2 bilhão de pesos e obrigações de 1,1 bilhão. Quinto banco a deixar o país O Société Generale é o quinto banco estrangeiro a deixar a Argentina desde a crise financeira de 2002. O francês Credite Agricole e o canadense Bank of Nova Scotia deixaram a Argentina durante a crise de 2002, o britânico Lloysds TSB Group vendeu suas operações em julho e o italiano Banca Nazionale de Lavoro SPa está vendendo seus ativos locais. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.