Banco Mundial apóia queixa do Brasil na OMC

O presidente do Banco Mundial, James Wolfenson, apóia o Brasil na queixa do País na OMC contra os subsídios dados pelos EUA e pela UE aos seus agricultores. Para ele, o desenvolvimento dos países depende do fim dos subsídios, que custam caro e são ineficazes. "Toda a medida que tiver como objetivo questionar os subsídios é uma iniciativa positiva", afirmou. Enquanto isso, UE continua fazendo pressão sobre o Brasil. Depois de ameaçar com caso contra o Proálcool e de estar formando uma coalizão contra o País, agora os europeus ameaçam retirar benefícios ao café brasileiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.