bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Banco Mundial enviará missão ao Paraguai

Representantes do Banco Mundial vão visitar o Paraguai na próxima semana para encontrar meios para impulsionar a economia do país, que tem sido afetada pela crise econômica da vizinha Argentina. Os representantes do Banco Mundial vão trabalhar em parceria com uma equipe do FMI, que está tentando estabelecer as bases para um programa de resgate econômico do Fundo. "A crise na Argentina culminou com desafios sociais e econômicos e o banco espera desempenhar um papel positivo para ajudar o governo do Paraguai a lidar com eles", disse Myrna Alexander, que vai liderar a missão do Banco Mundial ao Paraguai. A economia do Paraguai, um dos países mais pobres da América Latina, encolheu no final da década de 1990 e tem permanecido estagnada desde então. Há anos que nem o Banco Mundial e nem o FMI liberam empréstimos ao país, embora ambas as instituições tenham esperança de que o governo paraguaio adote reformas econômicas que venham a permitir a retomada dos programas de crédito. "Nós iremos continuar nossa discussão sobre a estratégia de assistência no Paraguai, assim como opções para uma resposta positiva para um pedido das autoridades paraguaias para um novo empréstimo para ajudar o país a se ajustar a essa situação difícil", disse Alexander. Um programa de crédito, se e quando for aprovador pelos diretores do Banco Mundial, "seria um reconhecimento ao compromisso expressado pelo Paraguai para alcançar equilíbrio fiscal e de permanecer no curso das reformas", disse Alexander. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.