Santander
Santander

‘Não participar do mercado de PME inibiria crescimento’, diz diretor do Santander

Franco Fasoli explica que projeto de ter estrutura para PMEs nas agências está sendo expandido, com abertura de 25 novos polos, acompanhando o processo de interiorização do banco

Entrevista com

Franco Fasoli, Diretor do segmento empresas do Santander

Fernanda Guimarães, O Estado de S.Paulo

02 de abril de 2022 | 05h00

O Santander vai dar mais um passo em busca de pequenas e médias empresas no interior do País. O banco acaba de abrir novos 25 polos de atendimento dedicados a esse público, com uso de agências já existentes. Foram contemplados, por exemplo, municípios como Marabá (PA), Rondonópolis (MT), Ituiutaba (MG), Santa Maria (RS) e Lages (SC).

Hoje o banco espanhol já possui mais de 200 agências no País com esse tipo de estrutura dedicada às empresas menores. “Não participar do mercado das PMEs inibiria o crescimento do banco”, diz o diretor do segmento empresas do Santander, Franco Fasoli. 

Como funciona o projeto de ter estrutura para as PMEs em agências?

Não é um projeto novo do banco, nasceu em 2016. O que estamos fazendo é uma expansão, com a abertura de 25 novos polos, algo que acompanha o processo de interiorização do banco. Esse polo se trata de uma estrutura separada, dentro de uma agência-padrão. 

Como tem sido a expansão?

No início de 2020, já eram 190 pontos. Hoje já são 218 polos nas cinco regiões do Brasil. 

E por que o projeto voltado às pequenas e médias empresas?

Não participar das PMEs inibiria o próprio crescimento do banco. Com isso, ficamos mais próximos e o banco consegue avaliar melhor a própria empresa. Com o relacionamento, pode haver novas opções de garantia para incorporar em uma operação de crédito. 

Quanto o banco cresceu sua carteira de crédito junto às PMEs?

Ao redor de 30%, e neste ano temos a ambição de crescer dois dígitos. O ano será de aumento da inadimplência, com maior seletividade para os empréstimos, mas para esse segmento de empresas estamos conseguindo estar ao lado e analisar muito caso a caso.  

Tudo o que sabemos sobre:
Santanderbanco [sistema financeiro]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.