Banco Santos volta a operar custódia, informa interventor

O interventor do Banco Central (BC) no Banco Santos, Vanio Aguiar, informou à Agência Estado que o serviço de custódia do Banco Santos já está operando novamente. O serviço tinha sido interrompido desde a última sexta-feira, quando ocorreu a interdição do BC na instituição financeira controlada por Edmar Cid Ferreira.Aguiar esteve reunido ontem com o colegiado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e garantiu que o serviço de custódia seria prontamente restabelecido. "Era nossa intenção fazer com que a custódia dos fundos entrasse em operação o mais rápido possível", afirmou o interventor.O Banco Santos presta serviço de custódia de fundos de investimento para outras instituições financeiras do País, uma espécie de contabilidade das entradas e saídas de recursos desses fundos. Um exemplo é o Banco da Amazônia (Basa) que tinha quatro fundos custodiados pelo Banco Santos, somando um patrimônio líquido de R$ 115 milhões. Porém, Aguiar afirmou que continuam suspensa a gestão dos fundos de investimento do Banco Santos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.