Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Banco suíço confirma prisão de funcionário em SP pela PF

O banco suíço UBS confirmou hoje para a Agência Estado a prisão de um de seus funcionários em São Paulo pela Polícia Federal, na operação Kaspar II. A instituição esclareceu que o funcionário trabalhava na Suíça e que estava no Brasil em uma missão. O UBS se recusa a dar o nome e a nacionalidade do funcionário e informa que não sabe as razões de sua prisão. O banco suíço também afirmou que está "trabalhando com as autoridades brasileiras para esclarecer o caso".Não é a primeira vez que um banco suíço tem funcionários presos no Brasil. Em abril deste ano, houve alguns problemas em investigação da Polícia Federal, com o Credit Suisse, na mesma operação Kaspar, que acabou prendendo 22 pessoas, a maioria doleiros de uma rede que movimentava mensalmente US$ 30 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.