Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Banco UBS vai demitir mais 4,5 mil, dizem jornais suíços

Maior banco da Suíça já cortou 9 mil empregos, reduzindo sua força de trabalho em 11% desde junho de 2007

AE, Agencia Estado

07 de dezembro de 2008 | 14h54

O UBS, maior banco da Suíça, vai cortar mais 4.500 empregos, de acordo com a edição deste domingo, 7, de dois jornais suíços. Sem citar fontes, o diário SonntagZeitung noticiou que "nas próximas semanas" o banco irá anunciar mais demissões. "É possível que a instituição elimine mais 4.500 empregos, incluindo 750 na Suíça", acrescentou o jornal.   Veja também: Dicionário da crise  Lições de 29 Como o mundo reage à crise  Outro jornal, o Sonntag, informou - também sem citar fontes - que o UBS irá cortar de 3 mil a 4 mil posições. Ao todo, o banco suíço já cortou 9 mil empregos, reduzindo sua força de trabalho em 11% desde junho de 2007. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
banco UBSdemissões

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.