seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Bancos alertam para 'ataques virtuais' da sexta-feira 13

Hoje, sexta-feira 13, é uma data em que fraudes eletrônicas costumam dobrar de quantidade em relação aos outros dias do ano. Por isso, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) divulgou ontem uma série de recomendações para que os internautas não caiam em "ciladas virtuais". Segundo a instituição, os internautas devem ter cuidado com mensagens suspeitas, recebidas por e-mail, que contenham arquivos anexados ou links no corpo do texto. A Febraban lembra que as fraudes eletrônicas são, em geral, praticadas por quadrilhas especializadas e compostas muitas vezes por criminosos ligados a crimes como tráfico de drogas e de armas.A seguir alguns assuntos comuns em mensagens fraudulentas: "Você foi vítima de ação de despejo"; "Veja fotos inéditas do desastre aéreo" de uma determinada companhia; "Confira fotos eróticas" de um determinado artista; "Seu nome está na lista do Serasa. Clique aqui para saber detalhes"; "Recadastre sua senha. Clique aqui", em nome de um determinado banco; "Febraban e bancos desenvolvem módulo de segurança. Para obtê-lo, clique aqui." "Você recebeu um cartão de alguém especial. Clique aqui".Outras dicas para o uso seguro da internet são desconfiar sempre das histórias recebidas pela internet, principalmente quando oferecem vantagens ou ganhos fora do comum; não clicar em links desconhecidos, por mais atraente que seja a história contada; conhecer bem o site do seu banco e prestar muita atenção a qualquer anormalidade. Além disso, é prudente entrar em contato com o banco sempre que suspeitar de alguma irregularidade e manter seu micro com um antivírus atualizado e com um software de proteção contra ataques pela internet (firewall). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Agencia Estado

13 de fevereiro de 2009 | 11h21

Tudo o que sabemos sobre:
sexta-feira 13bancos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.