Bancos antecipam 13º salário

A temporada de empréstimos para antecipar o pagamento do 13º salário de clientes já foi iniciada nos principais bancos de varejo. Mas, antes de fazer o empréstimo, o cliente deve avaliar bem se as condições oferecidas pela instituição atendem à sua necessidade. O uso do 13º salário antecipado deve priorizar o pagamento de dívidas pendentes com taxas de juros mensais mais elevadas que as desse tipo de empréstimo. "Quem tem dívida no cheque especial, com taxa média de 8%, ou no cartão de crédito, a 10%, pode resolver seu problema com a linha", diz o gerente de Mercado da Caixa Econômica Federal, Nédio Henrique Rosselli Filho.Na linha de crédito para antecipação do 13º salário, os juros estão variando entre 2,70% e 3,60% ao mês. Há casos, como o do Banespa, que parcela o valor emprestado em até 12 vezes. "Dessa forma, o interessado evita comprometer seu rendimento mensal, ficando mais fácil o pagamento parcelado", argumenta a coordenadora do Banespa, Denise Cerchiaro.CondiçõesEm caso de parcelamento, porém, o porcentual do empréstimo do Banespa sobe de 2,70% para 2,95% ao mês. Além disso, a maioria dos bancos coloca restrições na hora de tornar a linha de crédito disponível. No Banespa, por exemplo, a antecipação é concedida preferencialmente aos clientes que recebem seu salário pelo banco. Mas é possível solicitar até 100% do valor da parcela do 13º. Para fazer a antecipação pela Caixa Econômica Federal, o cliente deve ter mais de um ano de vínculo empregatício e receber seu salário pelo banco. A taxa de juros é de 3,10% ao mês e o prazo para quitar a dívida vai até 22 de dezembro. Já quem recebe o salário pela Nossa Caixa também pode antecipar 100% da parcela do 13º, com juro de 3,60%. Entretanto, existe uma exigência do banco: o valor mínimo para o empréstimo tem de ser de R$ 200,00. No Bradesco, a taxa é de 2,90% ao mês. Nesse caso, o correntista pode antecipar até 50% do seu salário líquido. O HSBC deve lançar sua linha até o fim do mês. E o Unibanco prepara um produto para os próximos dias.Confira as exigências e as condições de cada banco:BancoExigênciaLimite mínimoLimite máximoTaxa de jurosParcelamentoPrazo para pagamentoGarantiasBanespaComparecer à agência onde tem conta correntenão tematé 100% do salário2,70% ao mês, parcela única, ou 2,95%, por prazo maiorúnico ou 12 vezesem 70 dias ou 12 mesesnota promissóriaCEFir à agência onde tem conta correntenão tematé 90% do salário mensal líquido3,10% ao mêspagamento únicoaté dia 22/12nota promissóriaBradescoir à agência onde tem conta correntenão tematé 50% do salário2,90% ao mêsaté 2 vezesaté o fim de dezembronota promissóriaNossa Caixair à agência onde tem conta correnteR$ 200,00não tem3,6% ao mêsem duas vezesmínimo de 5 dias e máximo com vencimento em 20/12até R$ 2 mil, nota promissória. Acima, com avalista

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.