Bancos antecipam 13o salário para trabalhador

A temporada de empréstimos para antecipar o pagamento do 13.º salário já começou em alguns bancos. Antes de aderir à linha de crédito, o cliente deve avaliar as taxas de juros e condições oferecidas pela instituição financeira. Os bancos estão antecipando até 100% do valor total do 13o salário. Os juros variam de 3,10% a 4,30% ao mês.A antecipação do 13.º salário pode ser utilizada para o pagamento de dívidas pendentes com taxas de juros mensais mais elevadas e também para antecipar as compras de final de ano. Confira abaixo as condições oferecidas por cada banco. O Banco do Brasil (BB) já oferece esta linha de crédito desde o dia 29 de julho. A instituição empresta para os seus clientes até 70% do valor do 13.º do salário. O valor mínimo para a concessão do crédito é de R$ 100,00 e o máximo, de R$ 5 mil. O juro desta linha é de 3,4% ao mês. Para ter acesso a esse produto, no entanto, não basta que o trabalhador seja cliente do BB. Seu empregador também deverá ter firmado com o BB um convênio de empréstimo em folha de pagamento. O Banco Real antecipa até 80% do valor total do 13.º do salário. A taxa de juros cobrada pela instituição para os clientes pessoa física é de 3,5% ao mês. O valor mínimo do empréstimo é de R$ 200,00 e o valor máximo é de R$ 25 mil. A data máxima para pedir a antecipação é 20 de dezembro. O BBV Banco está antecipando o 13.º do salário aos clientes que recebem em conta corrente da instituição. Os requisitos mínimos obrigatórios definidos para o adiantamento são: ter sido admitido até o dia 2 de janeiro deste ano; estar com cadastro atualizado; não apresentar operações vencidas; não possuir linha de adiantamento a depositantes; e não apresentar qualquer tipo de restrição de crédito. A taxa de juros cobrada pelo BBV é de 3,50 % ao mês. O banco também cobra uma tarifa de abertura de crédito de R$ 25,00. O Banespa oferece uma linha de crédito para antecipação da segunda parcela do 13.º salário aos seus clientes pessoa física que recebam seus vencimentos em conta corrente no banco. O prazo para a contratação vai até 20 de dezembro. Não há limites de valores para a operação. A taxa de juros varia diariamente e em função do prazo da contratação. Por exemplo, se a linha de crédito for contratada para prazo de 7 dias, a taxa é de 3,23% ao mês. Caso o prazo seja de 30 dias, a taxa é de 3,27% ao mês. Se for de 60 dias, os juros são de 3,35% ao mês.A Caixa Econômica Federal também oferece uma linha de crédito para antecipação do 13º salário. O empréstimo para pessoas físicas está disponível para os trabalhadores com mais de um ano de vínculo empregatício e que possuem a sua conta salário na instituição. O trabalhador pode emprestar até 80% do valor a receber do 13º salário. Os juros são de 3,90 % ao mês. A data máxima para pagamento é dia 20 de dezembro.No Bradesco, os trabalhadores que recebem seus pagamentos pelo banco pagam juros de 3,40% ao mês na linha de crédito de antecipação do 13o salário. Os demais clientes do banco pagam juros de 4,50% ao mês. O banco antecipa até 70% do valor do 13o salário. O cliente pode quitar o empréstimo em até duas vezes e o prazo máximo para o pagamento é o dia 20 de dezembro.A Nossa Caixa oferece uma linha de crédito para antecipação do 13º salário aos funcionários públicos estaduais, pensionistas, metroviários e demais clientes que recebem proventos pelo banco. O limite mínimo para concessão do crédito é de R$ 200,00 e o limite máximo e de até 100% do valor do 13.º salário. Funcionários públicos e metroviários pagam juros de 3,10% ao mês. Os demais clientes que recebem seus pagamentos em conta corrente pagam 4,30%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.