finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bancos argentinos farão oferta para comprar dívida detida por 'holdouts', diz fonte

As entidades, ligadas à Associação de Bancos Privados de Capital Argentino, querem evitar que o país entre em default

REUTERS

30 de julho de 2014 | 11h30

Bancos privados argentinos farão nesta quarta-feira oferta para comprar com desconto os títulos detidos pelos credores que estão processando o país sul-americano, informou à Reuters uma fonte do setor bancário.

As entidades, ligadas à Associação de Bancos Privados de Capital Argentino, querem evitar que o país entre em default. Acaba nesta quarta-feira o prazo de 30 dias para chegar a um acordo com os investidores que não aceitaram os termos da renegociação da dívida soberana argentina, conhecidos como "holdouts", disse a fonte, que pediu anonimato.

Um enviado da associação negociará em Nova York com os credores sobre o montante, os prazos e a forma de pagamento, acrescentou a fonte.

(Reportagem de Eliana Raszewski)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROARGENTINABANCOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.