Bancos brasileiros enfrentam desafios, diz S&P

A alta volatilidade nos mercados financeiros do Brasil e uma acelerada depreciação do real, combinados com outros fatores, criam um cenário mais desafiador para as instituições financeiras brasileiras, disse a Standard & Poor´s em relatório "Bancos Brasileiros em Tempos de Turbulência", divulgado hoje. "Os bancos brasileiros classificados pela Standard & Poor´s provaram ser resistentes à crise e possuem boas equipes de gerenciamento. Os bancos possuem uma dependência limitada sobre os fundos externos em sua base total de financiamento e demonstram tradicionalmente alta lucratividade e níveis aceitáveis de capital. Agora o maior desafio dos bancos é a elevada proporção de títulos públicos em seus balanços patrimoniais, em uma época de ansiedade nos mercados devido à aproximação das eleições presidenciais em outubro?, disse Daniel Araújo, analista de crédito da S&P. O relatório "Bancos Brasileiros em Tempos de Turbulência" examina os vários fatores que pesam sobre o setor financeiro do Brasil, bem como o futuro da lucratividade e da capitalização dentre os bancos operando no País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.