Bancos centrais estimam crescimento global de 4% em 2005

Os mais importantes bancos centrais do mundo fizeram hoje uma avaliação positiva da economia mundial para 2005, prevendo um crescimento de 4%. "Apesar da desaceleração de 2004, há o sentimento de que o crescimento em 2005 seja igualmente substancial em torno de 4%", disse Jean-Claude Trichet, presidente do Banco Central Europeu (BCE) e porta-voz da reunião do Banco de Compensações Internacionais (BIS, da sigla em inglês) que ocorre hoje em Basiléia, na Suíça. "Estamos prevendo uma expansão sustentável do comércio mundial para 2005", ressaltou.De acordo com Trichet, o crescimento mundial depende muito do mundo emergente, que "está fazendo um bom trabalho". Perguntado especificamente sobre o Brasil, o presidente do Banco Europeu disse que "está bastante impressionado" com o trabalho que tem sido feito. O presidente do Banco Central do Brasil, Henrique Meirelles, participa do encontro durante todo o dia de hoje, devendo falar à imprensa no final das reuniões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.