Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Bancos da China poderão emitir ações preferenciais

A Comissão Reguladora de Títulos da China (CSRC, na sigla em inglês) anunciou regras para a emissão de ações preferenciais pelos bancos do país, numa tentativa de ajudá-los a cumprir exigências mais rígidas de capital, em linha com diretrizes globais. Segundo Deng Ge, porta-voz da CSRC, bancos que atualmente atendem exigências de capital Tier 1 serão autorizados a emitir ações do tipo preferencial.

Agencia Estado

18 de abril de 2014 | 09h53

No mês passado, a China anunciou regras gerais para permitir às empresas locais levantar recursos por meio da emissão de ações preferenciais.

Pelas novas normas, os bancos precisarão de aprovação dos reguladores de títulos e bancário para emitir ações preferenciais nos mercados domésticos de ações.

"À medida que a economia real cresce, há uma necessidade urgente dos bancos comerciais da China de reporem capital", comentou Deng.

Pequim tem como objetivo elevar a proporção de adequação de capital de bancos grandes a pelo menos 11,5% e de bancos pequenos, a 10,5%, até 2018. Essas metas estão em linha com os padrões globais conhecidos como Basileia III.

As novas regras também permitem aos bancos converter ações preferenciais em ordinárias para elevar sua base de capital quando a proporção de adequação de capital recuar a 5,125%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaações preferenciais

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.